Ranking dos países mais felizes da Europa em 2024

Viagens
Popular

Partilhar:

Ranking dos países mais felizes da Europa em 2024

O que é que pode fazer as pessoas mais felizes do que o incrível e excitante espírito de viajar? É especialmente agradável visitar novos países sem prejudicar o ambiente. Saiba mais sobre os 2024 países mais felizes da Europa que são sustentáveis nas suas viagens

Encomendar uma apólice de seguro para viajar em segurança para qualquer parte do mundo
Encomendar uma apólice de seguro para viajar em segurança para qualquer parte do mundo
Comprar


Em 2024, o Relatório sobre a Felicidade Mundial foi novamente publicado e a Finlândia continua a encabeçar a lista dos países mais felizes pela sétima vez consecutiva. 


Desta vez, os países nórdicos estabeleceram uma posição dominante: A Dinamarca, a Islândia e a Suécia ocuparam o segundo, terceiro e quarto lugares, respetivamente, enquanto a Noruega ficou em sétimo lugar. 


Como sempre, o relatório foi elaborado conjuntamente pelo Gallup World Poll, pelo Centro de Estudos sobre o Bem-estar da Universidade de Oxford e pela Rede das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável.


Critérios para a elaboração da classificação dos países mais felizes da Europa 2024


A equipa de investigação utiliza regularmente dados de mais de 140 países para formular as suas classificações anuais de felicidade. Embora os inquiridos avaliem as suas vidas de forma subjectiva, os especialistas em psicologia, economia e sociologia tornam este processo mais científico, abrangendo 6 variáveis-chave: rendimento, esperança de vida saudável, apoio social, liberdade de escolha, generosidade e ausência de corrupção.


Está provado que viajar aumenta a felicidade, mas viajar de avião pode ser stressante. Por este motivo, sugerimos que visite quatro dos países mais felizes - Finlândia, Dinamarca, Islândia e Suécia - sem viajar de avião.


Para tornar a sua viagem amiga do ambiente, pode utilizar o comboio, o barco ou o carro. Será mais demorado do que voar, mas proporcionará aos viajantes uma experiência única, abrindo-os a uma viagem lenta e ecológica que será um complemento agradável e positivo para as suas vidas.


Longa viagem ecológica até à Islândia


Uma viagem no Norröna é uma oportunidade incrível para visitar a Islândia, as Ilhas Faroé e a Dinamarca. É uma aventura marítima semanal que decorre durante todo o ano e permite aos passageiros desfrutar das incríveis paisagens do Oceano Atlântico Norte.




A viagem começa na Islândia com um voo para a Dinamarca através das Ilhas Faroé. De junho a agosto, este percurso dura dois dias, permitindo aos passageiros visitar Torshavn, uma cidade das Ilhas Faroé famosa pela sua atmosfera única e beleza natural.


Os passageiros podem levar o seu próprio transporte, o que lhes dá maior liberdade de movimentos nos seus destinos. A bordo do navio, estão disponíveis vários tipos de camarotes: desde os normais até às suites de luxo com vista para o mar. O custo dos camarotes varia em função do seu nível de conforto e da sua localização.


Ao chegar ao porto marítimo de Hirtshals, na Dinamarca, os passageiros podem apreciar a beleza da natureza do norte e continuar até à fascinante cidade de Copenhaga. Esta viagem deslumbrante pode ser um feriado emocionante para qualquer pessoa que sonhe em descobrir novos lugares e experiências.




Está a planear uma viagem ou uma mudança para o estrangeiro? Uma parte importante de uma viagem bem sucedida é uma apólice de seguro, uma vez que esta garante cuidados médicos de alta qualidade em qualquer parte do mundo e pode protegê-lo de despesas desnecessárias durante a viagem.  Pode adquirir um seguro junto de agentes de confiança no portal Visit World. 




Viajar de comboio do Norte da Dinamarca para a pitoresca Suécia


Embora a distância entre Hirtshals e Copenhaga seja de 375 quilómetros, a viagem não tem de ser monótona ou desagradável. Pode optar por um carro ou um táxi se se sentir cansado ou não quiser conduzir. No entanto, a opção mais conveniente e económica é viajar de comboio.


Para tal, é necessário apanhar dois comboios que circulam várias vezes por dia. O primeiro trajeto de Hirtshals para Aalborg demora pouco mais de uma hora, mas o comboio seguinte de Aalborg para Copenhaga parte após um pequeno intervalo. Esta viagem dura pouco menos de cinco horas no total, e tem a oportunidade de apreciar as vistas da Dinamarca que simplesmente não se conseguem ver do ar.


Uma opção adicional envolve três comboios que param em Hjørring antes de Aalborg. Este percurso demora um pouco menos tempo, mas implica transferências adicionais. A decisão de escolher a melhor opção cabe-lhe a si. Os bilhetes de ida estão disponíveis a partir de 72 euros, o que torna esta viagem não só conveniente, mas também acessível.


Viajar da Dinamarca para a Suécia de comboio, atravessando a lendária ponte


Depois de ter visto alguns dos pontos turísticos mais populares de Copenhaga - A Pequena Sereia, os Jardins Tivoli e o bairro Nyhavn - prepare-se para a parte mais fácil da sua viagem pelos países mais felizes do mundo.


A partir da Estação Central da capital dinamarquesa, encontrará muitos comboios que atravessam a fronteira com a Suécia. Os comboios para Malmö, uma cidade sueca cada vez mais popular, partem de Copenhaga de 20 em 20 minutos e a duração da viagem é de apenas 35 minutos.


Embora não atraia tantos visitantes como a capital Estocolmo, está repleta de história e de atracções. Entre elas contam-se a Lilla Torg, uma praça empedrada com cafés, casas em enxaimel e lojas que vendem artesanato local, o Castelo de Malmö, uma fortaleza do século XVI construída pelo rei Christian III da Dinamarca, e alguma da melhor comida de toda a Suécia.


Se estiver interessado em infra-estruturas, a viagem de Copenhaga a Malmö também vale a pena. Uma ponte ferroviária e rodoviária estaiada atravessa o Estreito de Eresund entre a Dinamarca e a Suécia, sendo a segunda ponte mais longa da Europa, com quase oito quilómetros. É também um ícone cultural, pois é o nome da série de televisão escandinava noir The Bridge, que se passa na região circundante.


Os preços dos bilhetes começam a partir de 18 euros, o que torna esta viagem acessível para quem quer descobrir a beleza e o património cultural da Suécia.